Como conciliar trabalho e corrida

A corrida é uma atividade que consome muito mais tempo do que aquele que é passado a correr. Para quem não corre a partir de casa ou do trabalho ainda há que acrescentar o tempo das deslocações àquele que é passado em trocas de roupa, duche e eventuais exercícios de força e flexibilidade antes e/ou depois de correr. Isto faz com que por vezes se sinta dificuldade em conciliar trabalho, corrida, vida social e familiar.

Não tenho tempo para correr

O famoso treinador de atletismo Professor Moniz Pereira costumava dizer que havia treino todos os dias. Também se poderia dizer que, exceto em circunstâncias excecionais, há sempre tempo para correr.

As atividades lúdicas são importantes para quem tem obrigações profissionais. Correr, ouvir música, ver um jogo da equipa favorita e até apostar nela, por exemplo na 1xbet bonus, ler um livro, tudo isto são atividades que permitem a descompressão do trabalho e de todas as obrigações do dia a dia.

Por isso, se correr o faz sentir melhor, reserve nem que seja meia hora por dia para correr, tal como o faria para falar ao telefone com um amigo. Melhor ainda, leve o amigo a correr e vão os dois beneficiar do treino enquanto põem a conversa em dia.

O aspeto social da corrida

A corrida pode parecer uma atividade solitária, e para muitas pessoas até funciona como um escape e é a oportunidade de conseguirem tempo para estarem a sós com os seus pensamentos. No entanto, o aspeto social está muito presente na corrida nos dias de hoje, com dezenas de grupos de corrida mais ou menos organizados a existirem um pouco por todo o país.

Nada melhor depois de um dia de trabalho do que ir correr num grupo, encontrar caras conhecidas e fazer novas amizades. Em vez de estar meia hora à frente da televisão, tire esse tempo para correr em grupo.